A Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô acionará o PAESE (Plano de Apoio entre Empresas de Transporte frente a Situações de Emergência) para minimizar os transtornos causados aos 3,7 milhões de usuários e à população em geral em razão da greve deflagrada pelo Sindicato dos Metroviários para a próxima quarta-feira, dia 1º de junho, a partir da zero hora.

A Companhia do Metrô preparou um esquema especial para garantir o acesso dos seus empregados aos postos de trabalho e alertou todos os funcionários sobre a responsabilidade de manter os serviços essenciais que atendam as necessidades inadiáveis da sociedade.

Com o anúncio de greve, a SPTrans deverá readequar as linhas de ônibus para assegurar o transporte de passageiros ao centro da cidade.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) será igualmente acionada para montar esquema especial de trânsito.

À Policia Militar caberá o reforço do policiamento.

A Companhia do Metrô continuará negociando com os sindicatos, como sempre tem feito, e considera precipitado o anúncio de paralisação.